sábado, maio 27, 2006

sábado, maio 20, 2006

Artfolio

...............................................nanquim



pastel seco
....................................................................................photoshop

Principe ou Mendingo?


Profissão Desenhista: Principe ou Mendingo?

Ainda é comum nesta sociedade icônica casos como estes: Um garoto que diz para o pai que quando crescer vai trabalhar como desenhista, e leva uma bronca, e logo após ´lhe é imposto o futuro de advogado, medico, tudo menos vagabundo.
Ou frases: “Você só desenha não trabalha não?”

No Brasil ser desenhista ainda é sinônimo ora de vagabundo, ora de serviço inferior.Para ajudar a postura dos profissionais da área não é exemplar, ou seja deixa a desejar . Falta união e cultura para se adquirir uma nova consciência dentro dessa nova era da imagem, onde o desenhista era para ser príncipe e não mendingo.

A palavra desenho em português, vem do verbo desenhar, que se originou do latim DESIGNARE. No italiano designare.No latim apresenta dois significados para Designare:
a) Marcar, traçar,notar; Sentido Artesanal ou Manual
b) planejar, imaginar ; Sentido Intelectal ou mental

O francês Dessigner herda assim como o inglês designer, o sentido mental,intelectual, enquanto o português desenhar vem do espanhol diseñar herda o sentido manual, nos trazendo algumas complicações.
A partir do séc. XVII com o Iluminismo, a sociedade coroou a era da razão e inaugurou definitivamente o tempo do cidadão intelectual, homem da ordem e do progresso (positivismo). A partir daquele momento houve a separação das águas, O profissional (especialista) do trabalhador braçal (o peão). Apesar do progresso prometido pela era da razão não ser alcançado, o sistema inaugurado prevalece com seu costume, (ethos).
O Brasil é um pais que valoriza em sua política ou cultura a idéia positivista e iluminista, ou seja coroa o serviço intelectual ( criativo) o ”novocidental” .Logo, observamos que o preconceito contra o desenhista esta relacionado, ao sentido delimitado no termo “desenhar” com o significado de serviço “inferior”, manual, quando poderíamos enfatizar o lado do desempenho mental do trabalho artístico, o planejamento, o projeto do discurso icônico da comunicação visual. É bom notar que a atual sociedade (do espetáculo) se torna cada vez mais penetrada na realidade imagética ( da imagem ). Em um mundo cada vez mais globalizado o desenho torna-se cada vez mais importante e interessante devido sua vantagem em relação a linguagem verbal.
VERBAL ........................X........................ICÔNICA
Mensagem percebida........................ Mensagem recebida


Resgatando o significado intelectual perdido no termo e reflexão dessa nova era da imagem (pós-moderna), pode-se construir uma nova consciência do papel e posição do desenhista na sociedade. Quem sabe talvez em forma de príncipe e não mais de mendingo.
.Márcio Fester. - Prof. Ilustração e Educador.

CARICATURA





A Caricatura é uma linguagem do desenho artistico, ou seja uma das formas de representação gráfica.

CARICATURA: Origina-se da palavra italiana CARICARE que significa
( Carregar, ou sobrecarregar com exagero.)
Termo introduzido pelo escultor e arquiteto Giovanni Lorenzo Bernini em1665.

Para entender podemos fazer uma comparação por oposição:

Desenho Realista. x .Desenho Caricatural
Formal....................x........... Informal
Correto....................x........................ Livre
Proporcional..............x................. Distorcido
Retrato....................x.................. Caricatura

A linguagem Caricatural não é somente privilegio da representação gráfica, notamos seu uso em diversas áreas da comunicação. Ex: Na TV no Pânico,com o Ceara faz a caricatura do Silvio Santos e outros. No radio há os imitadores, no teatro os mímicos,etc.

A Caricatura é uma forma de pensar que pode ser notada na fala popular. Ex: cabelo de bombril, nariz de tucano, porco, bambi, mão de vaca, aquele vestido..., etc.

O desenho caricatural pode ser classificados em:

a) Caricatura Pessoal ou Retrato caricatural
b) Cartum: Desenhos estilizados nas historias e animação.
c) Tira cômica ou HQs.
d) Charge – que trata de um fato ou acontecimento histórico.

Seu Papel como linguagem na sociedade é paradoxal ou seja por um lado pode servir para defender opiniões conservadoras por outro para atacar com valores liberais, (ex. caricaturas de Maomé )


A TECNICA BASICA DA CARICATURA: Consiste em dois atos sincrônicos

Exagerar – quantitativamente-qualitativamente e Estilizar –resumir,sintetizar

Assim explicita por um lado e oculta por outro ou também o que é grande aumenta e o que é pequeno diminua.

Embora atacada por alguns como linguagem de caráter maniqueísta, trata-se
de uma linguagem critica, espada de dois gumes que exige cultura, habilidade e astúcia de quem pratica.

..............................................................Marcio Fester.